Xingatório da Imprensa

fevereiro 26, 2004

Filed under: Uncategorized — elpydiophragoso @ 3:37 pm

Viagem paga é jabá?

A resposta do pessoal dos cadernos de viagem é uma só: não. E os argumentos nem sempre são rasteiros. Por exemplo, como os jornais trariam matérias sobre lugares do interesse do leitor, se financiar a viagem dos repórteres é quase sempre inviável? Ou ainda: o que importa não é quem paga, mas a isenção com que se escreve a matéria. Tudo bem.

Mas e quando as empresas que pagam viagens também viram pauteiras? Em pelo menos três das quatro edições de fevereiro do caderno Turismo, da Folha, a matéria de capa foi fruto de viagens financiadas por companhias aéreas, agências e empresas diversas. No Correio Braziliense, o índice mensal ficou em 50% (duas de quatro), mas o jornal se destacou no dia 11: todo o material editorial veio de viagens pagas.

As duas últimas edições do caderno do Estadão também trazem matérias de capa custeadas por empresas. Uma delas – financiada pela Coca-Cola e pelo Guaraná Antárctica – inaugura o modelo joint-venture de viagem paga.

Em resumo, se o leitor quiser saber algo sobre um lugar que não é patrocinado por uma empresa ou um órgão oficial de turismo, é melhor desistir. Quanto ao resto, pode ficar tranqüilo. As empresas fazem a pauta, pagam as viagens e muitas vezes mandam as fotos, mas a isenção jornalística, essa está sempre garantida.

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: