Xingatório da Imprensa

março 14, 2004

Filed under: Uncategorized — elpydiophragoso @ 5:15 am

Sobre pernas e charges

A decisão do Jornal do Brasil de eliminar um pedaço de corpo na foto do atentado em Madri pode ter sido pouco inteligente, e mesmo desrespeitosa com o leitor, mas não chegou perto de se destacar no quesito oportunismo. Neste, o título inconteste coube ao Globo, que, arauto da fidelidade aos fatos, encontrou um tapete perfeito para esconder seus próprios deslizes.

Título e subtítulo da matéria sobre fotos adulteradas, na edição de sábado, falam sobre a importância da verdade: “Explosões matam: não se pode esconder esta verdade”; “O dia em que o fotojornalismo acabou sendo mais uma vítima”.

Título e subtítulo da matéria sobre uma charge de péssimo gosto, na mesma edição e na mesma página, mostram como a importância da verdade é relativa: “Charge provoca intensa reação de espanhóis”; “Chico Caruso, neto de espanhóis, fica surpreso ao ver seu trabalho interpretado como ofensivo”.

O título omite a informação mais relevante, o tipo de reação, a saber negativa. O subtítulo dá ao representante da casa o que foi negado ao JB e a todos os “vários jornais, no Brasil e em outros países” que apagaram o pedaço de corpo: direito de defesa.

E essa meia página do Globo traz uma frustrante conclusão: antes os problemas dos nossos jornais com a verdade se resumissem ao Photoshop.

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: