Xingatório da Imprensa

outubro 30, 2004

Filed under: Uncategorized — elpydiophragoso @ 4:18 am

Economic Value

Início de notinha publicada no Valor Econômico desta sexta: “Os negócios de cinema da Sony ganharam destaque graças a Spider-Man 2”. Eu podia jurar que o filme, aqui perto de casa, tinha passado como Homem-Aranha 2.

Anúncios

outubro 16, 2004

Filed under: Uncategorized — elpydiophragoso @ 6:16 pm

Terra ignota

O Globo resolveu ignorar definitivamente a existência de uma cidade chamada Rio de Janeiro além dos túneis Rebouças e Santa Bárbara. Hoje, em denúncia sobre a ocupação irregular de calçadas por bares, camelôs e carros, a primeira página traz flagrantes de três bairros: Catete, Copacabana e Ipanema. A matéria no alto da página 27 acrescenta outra foto de Copacabana e uma do Leblon. O texto é mais abrangente; cita problemas em ruas do Catete, Copacabana, Jardim Botânico, Ipanema e Leblon.

O jornal podia aproveitar a edição de domingo e presentear seus leitores suburbanos. Com um nariz de palhaço.

[Atualização: A edição do dia 20 acrescenta um caso no Largo do Machado, na primeira página, e outros na Barra, Catete/Largo do Machado e Lagoa, na página 20. A matéria insiste que é um problema que toma conta das calçadas por toda a cidade.]

outubro 7, 2004

Filed under: Uncategorized — elpydiophragoso @ 2:34 am

É melhor ler isso…

O leitor Pablo deu a dica e, abaixo, reproduzimos a preciosidade publicada no Jornal do Brasil desta quarta-feira. O autor, humilde, preferiu não assinar o texto, intitulado “Próximo ponto: cadeia”.

Um passageiro de ontem não teve o direito de reclamar que o motorista abriu a porta fora do ponto: o assaltante Gutemberg Silva de Souza, de 26 anos, saltou ontem da frigideira para o fogo, isto é, do ônibus que ele chegou a roubar direto para a porta da delegacia. Além da falta de atenção, pode-se dizer que este é um típico caso de falta de timing, como diriam os ingleses. Se o Gutemberg alemão inventou a imprensa, por volta de 1450, ontem o Gutemberg assaltante inventou o roubo-delivery: poucos minutos se passaram entre o ato ilícito e a prisão que pareceu mais uma rendição.

A ação toda se desenrolou na Avenida Cândido Benício, no Campinho. Por volta das 15h, Gutemberg embarcou em um ônibus da linha Estrada do Pau Ferro-Caxias. Com poucos passageiros presentes, já que o horário não favorecia, ele resolveu puxar o sinal de uma forma indevida: mostrando a arma para o trocador do ônibus e exigindo a féria do dia, até então de apenas R$ 80 – o ônibus não tinha feito mais de três viagens.

Gutemberg ainda ficou mais alguns segundos dentro do veículo, ante a apreensão do trocador e a preocupação do motorista. De súbito, exigiu:

– Abre a porta, piloto, vou ficar por aqui – dissera.

Como o cliente sempre tem razão, o motorista abriu a porta. A 40 metros do ponto, ficava a 28ª DP (Campinho), cujos policiais foram imediatamente acionados por passageiros do veículo. Ao ver que tinha saltado no ponto ”errado”, e que aquela provavelmente seria sua última parada por alguns anos, Gutemberg ainda tentou correr para fazer uma baldeação para a liberdade. Mas foi em vão. Desta vez, quem puxou o sinal foi a polícia. E Gutemberg saltou para dentro da prisão.

outubro 1, 2004

Filed under: Uncategorized — elpydiophragoso @ 6:08 am

No clima

A turma do Jornal Nacional ficou tão entusiasmada com a decisão russa de ratificar o Protocolo de Kyoto que acabou revelando uma faceta surpreendente do tratado no texto da matéria desta quinta-feira: “O Protocolo de Kyoto parte do princípio de que vivemos num mesmo planeta.”

Blog no WordPress.com.