Xingatório da Imprensa

dezembro 16, 2006

Filed under: Uncategorized — elpydiophragoso @ 1:03 pm

Claro, claro
Faz 20 dias que, segundo o Globo, a Claro comprou a TIM.

dezembro 4, 2006

Filed under: Uncategorized — elpydiophragoso @ 2:06 pm

A cidade do Rio de Janeiro amanheceu com novo preço nos ônibus: R$ 2 no lugar da antiga tarifa de R$ 1,90. O pessoal dos telejornais vespertinos não perdeu tempo e saiu às ruas em busca de personagens. Preocupado em carregar no aspecto dramático/pitoresco, esqueceu-se da lógica. Logo apareceu uma senhora que “se não tivesse levado uma moedinha a mais, acabaria a pé”. O curioso é que a senhora ia para o trabalho. O que sugere, a se crer na reportagem, que, aumento da passagem à parte, ela já planejava voltar a pé para casa.

Filed under: Uncategorized — elpydiophragoso @ 1:42 am

Matemáticos rebaixados (ou Sugestão de Pauta)
A Ponte Preta, com 39 pontos, foi o time de “melhor” campanha entre os rebaixados no Campeonato Brasileiro deste ano. O probleminha é que os matemáticos da bola, que a imprensa passou a adorar de uns anos para cá, previram há alguns meses que seriam necessários 48 ou 49 pontos para escapar da degola. Isso mesmo: no mínimo quarenta e oito.

Esta pontuação, no campo e na bola, acabou de garantir ao Atlético-PR uma vaga na Copa Sul-Americana.

dezembro 1, 2006

Filed under: Uncategorized — elpydiophragoso @ 12:37 pm

Coluna çossial
A chique Marcia Peltier podia dar um pouco mais de atenção às notas de sua coluna no Jornal do Commercio. A edição desta sexta traz preciosidades como “Quando ele chegou, muitos quizeram garantir lugar na foto” e “Fora isso, Renato Abreu, presidente da MPE está encantado com outro negocio: uma vinícula na França”.

As pérolas não se restringem à ortografia: vão de pleonasmos redundantes tautológicos (“A continuidade da parceria segue nos hóteis Fasano”) a incompletudes que transformam informação em obviedade (“32a. Câmara de Direito [Privado] do Tribunal de Justiça de São Paulo”), passando por erros que, de tão bobinhos, não deveriam mais acontecer (“ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Roussef [Rousseff]”.

Arrasou!

Filed under: Uncategorized — elpydiophragoso @ 12:24 pm

O erro foi simples, uma troca de palavra. Mas, graças a ela, a telefonia móvel cresceu e caiu, ao mesmo tempo, no terceiro trimestre de 2006. A matéria, sobre o Produto Interno Bruto (PIB) do país, é do Estadão de hoje:

“O destaque negativo foi das comunicações, que tiveram retração de 0,7%, depois de já terem caído 3% no segundo trimestre. A causa básica é a queda da telefonia móvel, que ainda não é compensada pela expansão da telefonia celular.”

Blog no WordPress.com.