Xingatório da Imprensa

fevereiro 13, 2007

Filed under: Uncategorized — elpydiophragoso @ 7:53 pm

A isenção dos outros
Na edição desta semana de CartaCapital (431), o diretor-adjunto da revista, Mauricio Dias, faz uma apaixonada defesa do princípio da presunção da inocência, a partir do tratamento dado pela grande imprensa ao caso do assassinato do “milionário da mega-sena”. Para tanto, sua matéria concentra-se na repetição das queixas de Alexandre Dumans, advogado da suspeita Adriana Almeida. O argumento principal de Dias e Dumans é o seguinte: a imprensa, baseando-se em versões passadas por testemunhas e autoridades policiais, ignoram o fato de que Adriana é inocente até prova em contrário. Tal prejulgamento, para eles, constitui um absurdo.

Talvez os diletos leitores também considerem absurdo que Dumans, além de ser o único personagem da matéria em que Dias prega mais isenção e menos espetáculo, tenha sido advogado do Jornal do Brasil durante muitos anos. E que, em 1997, tenha inclusive defendido Mauricio Dias, então titular da coluna Informe JB, em ação criminal movida pelo promotor Theobaldo Lisboa, que o acusava de calúnia e injúria.

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: