Xingatório da Imprensa

abril 30, 2007

Filed under: Uncategorized — elpydiophragoso @ 3:19 pm

Berinjela na tijela
Matéria da CartaCapital da semana passada explica que “a invasão de máquinas eletrônicas [no Brasil] é fruto da parceria entre o bicho e a máfia”. O título escolhido, “Conexão Parque Laje”, que transforma um dos primeiros donos da área verde do Rio de Janeiro em placa de pedra, é um pouco mais difícil de explicar.

Anúncios

abril 10, 2007

Filed under: Uncategorized — elpydiophragoso @ 8:52 pm

A arte de morder e soprar
A Veja publica, na edição desta semana, três matérias sobre o dito apagão aéreo. Na primeira, critica o presidente Lula por falta de pulso e apresenta depoimentos de “analistas”, que afirmam, por exemplo, que “em determinadas situações, como a dos amotinados, simplesmente não se pode negociar”. Na terceira, já no título, denuncia “o jogo sujo que assusta os pilotos” e revela que “sabotar vôos com informações falsas é a nova tática dos controladores para aumentar o caos”.

Entre as duas, porém, Veja encaixa um perfil quase comovente de Edleuzo Souza Cavalcante, apontado como “líder mais ativo dos sargentos [controladores de vôo] no país” e descrito como “sujeito afável e solidário com pobres e deficientes”.

Em outras palavras, Veja acha que Lula foi frouxo, que os controladores fazem jogo sujo, mas que, no fim das contas, o presidente e o comando militar são maus ao perseguir gente de bem como Edleuzo.

abril 3, 2007

Filed under: Uncategorized — elpydiophragoso @ 1:16 pm

O diploma e o umbigo
A Folha publicou segunda-feira num pé de página (A8), como assunto de interesse jornalístico, matéria sobre decisão do STJ cassando liminar que autorizava um cidadão sem diploma de jornalismo a atuar na área (“STJ proíbe jornalista de atuar sem diploma universitário”).

Qual não seria, então, o interesse jornalístico no fato de diversos profissionais da Folha não serem formados em jornalismo? Ou no fato de vários integrantes da 43ª Turma do Programa de Treinamento do jornal, ora em formação, sequer cursarem jornalismo? Ou ainda no fato de a própria editora de treinamento ter ingressado na Folha em 1988, como agrônoma, e só ter se formado em jornalismo em 1995?

Blog no WordPress.com.