Xingatório da Imprensa

outubro 24, 2008

Filed under: Uncategorized — elpydiophragoso @ 1:00 am

Apenas as versões
Faz tempo que a maior parte da imprensa brasileira limita-se ao esquema “ele disse, ela disse”. Ou seja, na ânsia de cumprir o preceito de ouvir “os dois lados”, esquece qualquer outra possibilidade, como apurar em fontes alternativas ou usar, ainda que timidamente, os neurônios.

O Correio Braziliense de hoje, em matéria sobre sargento do Corpo de Bombeiros morto em circunstâncias suspeitas durante treinamento, é um excelente exemplo:

A tentativa de salvar a vida da vítima pode, por exemplo, explicar as manchas roxas encontradas no ombro esquerdo e nos testículos do sargento, segundo o mesmo exame preliminar. Os traumas, porém, também levam à desconfiança de agressão física.

Não seria surpresa se o curso de primeiros socorros que freqüentei quase um século atrás estivesse hoje defasado. Mas ninguém mais estranha a hipótese – mesmo como hipótese – de que manchas roxas nos testículos do sargento possam ser explicadas por uma tentativa de salvamento? É uma pergunta óbvia – embora a resposta talvez não o seja – que vem à cabeça de qualquer observador mais atento. Menos do repórter, do redator, do editor…

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: