Xingatório da Imprensa

dezembro 8, 2009

Fonte de amnésia

Filed under: Uncategorized — elpydiophragoso @ 1:56 am

A IstoÉ desta semana (2.o91) publica quadro em que dez personalidades reagem com “tristeza, lamentos, preocupação e pedidos de impeachment de José Roberto Arruda”, diante da “roubalheira no governo do Distrito Federal”. Dois dos comentaristas representam fontes preferenciais da imprensa brasileira quando se trata de fiscalização e transparência: Claudio Weber Abramo, da Transparência Brasil, e Gil Castelo Branco, da Contas Abertas. A revista, talvez por amnésia, esqueceu que, entre os suspeitos de irregularidades no governo da capital, estão Fernando Antunes, ex-secretário-adjunto de Saúde e fundador da Transparência Brasil, e Augusto Carvalho, ex-secretário de Saúde e fundador da Contas Abertas.

dezembro 5, 2009

Novas épocas

Filed under: Uncategorized — elpydiophragoso @ 7:35 pm

Época, como se sabe, é aquela revista que, de tão moderna, nasceu reproduzindo a linha editorial de uma publicação alemã. Pois o pessoal de lá continua revolucionando a imprensa no Brasil. Basta conferir a abertura do editorial do número desta semana (603):

Se há uma característica em que a revista se distingue dos demais meios de comunicação, ela é a edição. Em nenhum outro meio, editar bem é tão vital para o sucesso quanto na revista.

O autor de tão requintada tese permanece no anonimato. Explicações, aliás, não parecem ser o forte dos editoriais da revista. No mesmo texto, em meio aos comentários sobre a escolha dos “cem brasileiros mais influentes”, segundo Época, o querido leitor encontra uma pérola da incoerência:

Não há um método científico. Trata-se de uma escolha editorial, feita pela redação com base na opinião dos nossos leitores (que contribuíram por meio de epoca.com.br) e de especialistas, ouvidos ao longo das últimas semanas. É, portanto, uma escolha com um lado subjetivo e um lado objetivo.

Mas HEIN?

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.