Xingatório da Imprensa

janeiro 2, 2010

A lição dos lixeiros

Filed under: Uncategorized — elpydiophragoso @ 7:08 pm

No último dia do ano, o insuspeito apresentador Boris Casoy, do Jornal da Band, resolveu brindar os espectadores com (mais um) comentário de péssimo gosto. Depois de acompanhar os votos de felicidade de dois lixeiros, o homem do bordão indignado soltou, em off, palavras bastante sugestivas sobre seu caráter:

Que merda, dois lixeiros desejando felicidades, do alto das suas vassouras… dois lixeiros… o mais baixo da escala do trabalho…

No dia seguinte, veio a público, no mesmo telejornal, pedir desculpas pela “frase infeliz”, como se tudo não passasse de um arroubo juvenil.

A nós, pobres espectadores do telejornalismo brasileiro, não resta muito além de torcer para os votos dos lixeiros, embora ridicularizados em rede nacional, se tornarem realidade.

Feliz ano novo, muita paz, muita saúde, muito dinheiro, muito trabalho. Feliz 2010.

Até para você, Boris.

Anúncios

3 Comentários »

  1. Que absurdo não é ? Fiquei sabendo do ocorrido e também estou indignada. Tremendo preconceito vindo de um jornalista como Boris Casoy em plena rede nacional.

    Sou estudante de jornalismo e encontrei seu blog nas pesquisas do Google.. Voltarei sempre !

    Abraços

    Comentário por Camile — janeiro 7, 2010 @ 9:52 pm

  2. Vamos lá xingatório, vamos botar a boca no trombone com este Boris facista e racista. (caso dos garis)

    Queremos ver voces agora, o seu divisor de águas, M… dentro da profissão de jornalista, lavam ou não lavam no ar?:

    O Bóris Casoy, como outros tantos jornalistas (Bial, Diogo Mainardi, Alexandre Garcia,..) sempre se apresentam declaradamente como parciais, sectários e até preconceituosos com as classes “menos privilegiadas” como as pessoas com baixo nível de cultura(no ponto de vista deles), pobres, negros e originários de outras regiões menos desenvolvidas do país. Este comportamento verbal e intencional está claro nas suas falas, argumentos, exemplos e comentários sarcásticos e preconceituosos quando se apresentam na televisão.

    Fica evidente a sua defesa e preferencia das elites, das pessoas “puro sangue” e de castas dominadoras. Assim esses “jornalistas famosos” se sobressaem, garantem seu lugar na mídia, criticando e botando à baixo as classes menos favorecidas e escancaradamente puxando o saco dos patrões e da classe dominante que pretendem manter o modelo de outrora, extremamente excludente, mas talvez desesperados pois a mudança é sem volta.
    Em todo ambiente com seres humanos existem os justos, os corretos, os imparciais, os que constroem, os profissionais, mas há uma concentração de hipócritas, falsos moralistas, donos da verdade, agentes contratados para desestabilizar, puxa sacos exagerados das “elites”, que nos enojam.

    As empresas jornalisticas são imparciais ou é como a maioria da mída brasileira, hipócrita, mentirosa e manipuladora?

    Antonio,
    Um brasileiro.

    —– Original Message —–
    > From: “Edilson Ferreira”
    > To: “gianna ferreira” ; “Grupo Terceiro
    > Setor”
    > Sent: Friday, January 08, 2010 10:17 AM
    > Subject: Re: FW: [ 3setor ] Comentário de Bóris Casoy

    Gianna vamos fazer uma analise juntos nAn frase “Que merda. Dois lixeiros desejando felicidades… do alto de suas vassouras…”
    O que realmente o Sr. Boris Casoy quis dizer. Isso foi um deslize. Na primeira oração, uma a palavra merda apos a outra que, indicando, “Que
    saco” ou algo do tipo, essa palhaçada de novo.
    Na outra oração ” Dois lixeiros desejando felicidades…”, pelo “deslize!” dele, dois garis nao podem desejar felicidades para o povo brasielriro.
    So lembrando que tudo isso foi feito em acordo com a Rede Bandeirantea pois foi um reporter que pediu para que eles desejassem um feliz 2010. Isso indica
    um tipico comentario mesquinho. Pessoas de baixa renda e/ou que cursou somente as series iniciais nao tem o direito de falar na televisao.
    Realmente me desculpe mas nao vejo gafe nenhum no comentario deste Sr. Foi puramente um comentario maldoso mesmo desprezando pessoas que nao sao da
    classe em que ele vive.
    Se achas que estou errado peça para um professor de portugues independente ou outras pessoas daqui da lista mesmo para analisar o que ele falou.
    So um detalhe, dentre os milhares de brasileiros com estas frases, devem ter pessoas tbm com conhecimento de interpretacao de texto tbm. Mas o povo
    brasileiro entendeu rapidamente o tipo de comentario que ele fez e que nao foi deslize.

    From: giannaferreira@yahoo.com.br
    Date: Tue, 5 Jan 2010 09:21:27 -0800
    Subject: [ 3setor ] Comentário de Bóris Casoy

    Que atire a primeira pedra aquele que nunca cometeu uma gafe seja de caráter étnico racial, de gênero, homofóbico… No entanto, quando se trata de um profissional âncora, formador de opinião devemos considerar que se agrava um pouco mais. Falhas, equívocos, gafes, seja lá o que considerem, ocorrem, porém, a gravidade se instala a partir do papel profissional exercido por quem a comete. Banalizar tais fatos se equivalem aos exemplos de falhas de outros profissionais como erros médicos, ações indevidas de policiais, corrupção de políticos, atitudes preconceituosas de educadores, só para citar algumas.
    Tenho respeito ao sr. Bóris Casoy, ao seu trabalho, e a sua história profissional, no entanto, convenhamos, equívocou-se, perdeu a oportunidade de manter-se calado, e ISTO É UMA VERGONHA!!!

    Comentário por Antonio — janeiro 8, 2010 @ 6:21 pm

  3. De fato o comentário foi bastante infeliz…
    Particularmente,não aprecio o trabalho do Boris Casoy

    Comentário por Bruna Fernandes — janeiro 22, 2010 @ 10:46 pm


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: